Home

Vivante:
uma pessoa jurídica
especializada em
administração judicial.
Experts em Gestão e Administração Judicial
Competência e Transparência na gestão dos processos Experiência que faz diferença na Gestão de Recuperação Judicial VER AGORA Apresentação
Institucional
Confira nossa apresentação no Youtube
Sobre nós

Somos a VIVANTE
Gestão e Administração Judicial

A Vivante Gestão e Administração Judicial LTDA atua em processos de Recuperação Judicial, Falência e Liquidação de Sociedades, no estado de Pernambuco, desde o ano de 2015, e no estado de São Paulo, desde 2018.

ATUALIZAÇÃO

Em constante atualização, participando e realizando cursos e palestras, sendo associada da TMA Brasil, a Vivante está sempre buscando inovações no ramo da insolvência. É uma das empresas pioneiras a realizar perícia prévia em Pernambuco e Assembleia Virtual com sua própria equipe. Participou de um dos primeiros processos de Empréstimo DIP e termo de adesão em substituição à Assembleia Geral de Credores.

EQUIPE MULTIDISCIPLINAR

Composta por profissionais de diversas áreas, estando apta a realizar todo trabalho necessário com sua própria equipe.

TRANSPARÊNCIA

Tem como prioridade prestar informações com transparência ao Juízo, entendendo que faz parte de suas atribuições, mantê-lo sempre informado da situação da empresa.
Além disso, a Vivante mantém um canal aberto com os credores, devedores e terceiros interessados, através de e-mail e telefone, buscando sempre atender as solicitações e dúvidas com maior brevidade possível.

Nossa Equipe

Quando a qualidade, confiabilidade e serviço são os fatores-chave

Nosso quadro de profissionais multidisciplinar é composto por especialistas no ramo do direito empresarial, contabilidade, auditoria e perícia com vasta experiência prática.

Blog Vivante

Informativos

Crédito fiscal não tributário não se submete aos efeitos da recuperação  judicial

Crédito fiscal não tributário não se submete aos efeitos da recuperação judicial

A 3ª turma do STJ decidiu que o crédito fiscal não tributário não se submete aos efeitos da recuperação judicial

O produtor rural pessoa jurídica poderá requerer a recuperação judicial

O produtor rural pessoa jurídica poderá requerer a recuperação judicial

Com base no §2º do art. 48 da lei 11.101/2005, o produtor rural pessoa jurídica poderá requerer a recuperação judicial, podendo comprovar que exerce atividade há mais de 2 anos por meio da escrituração contábil fiscal (ECF) ou por outro registro contábil que venha a substituí-la.

Contatos

Escritórios